18.03.2020 - Post : Qual a importância da alfafa na ração para chinchilas?

As chinchilas são animais herbívoros e apresentam sistema digestivo adaptado anatomicamente e fisiologicamente para comer material vegetal, por exemplo: raízes, folhas, frutos, cascas, ervas, arbustos, cactos e alfafa.

São animais que possuem dentes incisivos que apresentam crescimento constante, sendo necessário serem desgastados para evitar problemas futuros. Esta particularidade exige que o regime alimentar contenha alimentos fibrosos que desgastem os dentes diariamente.

A dieta natural da chinchila é composta de vegetais secos, que promovem o desgaste dentário, assim como os minerais no solo consumidos junto com a vegetação. Para imitar a estratégia de alimentação selvagem, a dieta em cativeiro deve conter feno de forrageira como principal componente dietético.

A Alfafa é uma leguminosa forrageira comercializada na forma de feno. A fenação é o processo de conservação da alfafa onde ela é desidratada e o teor de umidade é reduzido de 90 a 70% para 15 a 12%, desta forma pode ser armazenada com perdas mínimas de seu valor nutritivo, apresentando um valor nutricional que se aproxima da alfafa verde.

Nos alimentos completos (rações) para roedores, a alfafa é utilizada como ingrediente devido ao seu valor nutricional, pois possui fibra e proteína de ótima qualidade.  Dos fenos que são comercializados, o de alfafa é o que apresenta qualidade constante e está disponível no mercado o ano todo, pois quando escolhemos um ingrediente temos que pensar também na disponibilidade ao longo do ano, para não faltar.

Dicas de alimentação: Ofereça um alimento completo (ração) para as chinchilas. A Nutricon tem um alimento chamado Chinchila, que possui todos os nutrientes que elas necessitam em seu dia-a-dia, como: proteínas, fibras, gordura, vitaminas e minerais. E como petisco temos a linha patenteada Nutrihome, que são tubos comestíveis que distraem o animal e auxiliam no desgaste dos dentes, apresentando em sua composição: alimento de chinchila, feno de alfafa, legumes e frutas desidratadas. Como complemento alimentar ofereça pequenas porções de verduras, lembrando que devem ser analisadas e escolhidas conforme a espécie que você tem, e mesmo assim fique atento a consistência das fezes, pois as chinchilas que não são acostumas a comer grandes quantidades de vegetais podem apresentar fezes amolecidas e também ofereça feno de boa qualidade.

 

 

Texto: Samara Mostafa

Zootecnista da Nutricon

Bibliografia:

Butolo, J. E. Qualidade de ingredientes na alimentação animal. 2010. 2a Edição. Colégio Brasileiro de Nutrição Animal. Campinas.

Rodrigues, A. M. Particularidades na alimentação de animais de companhia. Escola Superior Agrária, Quinta da Sra. De Mércules. Castelo Branco. Portugal.

Voltar