22.01.2020 - Post : O que lipídeos? E para que servem?

Na composição das dietas formuladas para os animais de estimação tem um grupo de nutriente conhecido como lipídeos que estão presentes nos óleos e gorduras.

Os lipídeos são fonte de ácidos graxos essenciais e principal fonte de energia. Eles apresentam também outras funções no organismo dos animais como por exemplo: ajudam no processo de transporte e absorção das vitaminas lipossolúveis A, D, E e K, são precursores de hormônios e componentes estruturais das membranas celulares e são necessários para o crescimento e desenvolvimento dos animais.

Os ácidos graxos essenciais são aqueles que os animais não conseguem sintetizar e precisam estar nas dietas. Geralmente são identificados como da família ômega-3 e ômega-6. A suplementação destes nutrientes na dieta deve seguir as exigências nutricionais de cada espécie.

As fontes de ômega 3 são óleos extraídos das sementes oleaginosas (canola e linhaça), de peixes de água fria (salmão e sardinha, em forma de óleo ou farinha) e outras formas de vida marinha. As fontes de ômega 6 vem de óleos vegetais (milho e soja) e produtos de origem animal.

A deficiência dietética de ácidos graxos em peixes provoca aumento da mortalidade, erosão das barbatanas e a "síndrome de choque" (perca do controle nervoso e dos músculos do animal), torna-se rígido e nada de forma errada. Em mamíferos prejudica a cicatrização de feridas, a pelagem fica seca e sem brilho, pode causar a descamação cutânea.

Quando a quantidade de lipídeo na dieta é inadequada, as vitaminas lipossolúveis não são absorvidas adequadamente, provocando a deficiência de vitaminas. O excesso também causa problemas aos animais, pois aumenta a densidade calórica e a palatabilidade (melhora o sabor do alimento), levando a um consumo excessivo que resulta em uma obesidade.

Para evitar a situação de excesso ou falta de ácidos graxos ou outro nutriente, verifique no rótulo para qual espécie de animal o alimento é indicado e fique atento ao modo de uso.

 

Texto: Samara Mostafa

Zootecnista da Nutricon

Referência:

  • Butolo, J. E. Qualidade de ingredientes na alimentação animal. 2010. 2a Edição. Colégio Brasileiro de Nutrição Animal. Campinas.
  • Wortinger, A. Nutrição para Cães e Gatos. 2009. 1a Edição. Editora Roca. São Paulo.
  • Zuanon, J. A. S.; Salaro, A. L.; Furuya, W. M. Produção e Nutrição de peixes ornamentais. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 40, n. 1, p. 165-174, nov.2011.
Voltar